Nadyr de Souza Dutra:

Nadyr nasceu no dia 6 de abril de 1933 em Bauru (SP), sendo filha de Graciliano de Souza e Ângela Alvorno de Souza e irmã de Lico, Jandira (falecida), Aracy (falecida), Olavo (falecido), Marilia, Edith, Clarice, Sylvio e Áureo.

Casou-se com Ivan Dutra no dia 27 de janeiro de 1957 e com ele teve cinco filhos: Silvia, Ângela (falecida), Ivan, André Luiz e Renato, treze netos e duas bisnetas.

No campo profissional, trabalhou sempre como professora,   lecionando   em  Santo Anastácio  (SP)  no Sesi, época em que ela e Ivan se engajaram no movimento espírita e nos trabalhos filantrópicos realizados na cidade.

Mudou-se, anos mais tarde, para Tupã (SP), onde deu continuidade às suas tarefas, voltadas sempre para o auxílio ao próximo. Ali já ministrava aulas de evangelização e palestras no Centro Espírita da cidade.
Anos depois, mudou-se para Rolândia (PR) e depois para Praia Grande (SP), dando prosseguimento às suas tarefas de evangelização e assistência aos mais carentes.
Depois de tantas mudanças, o casal radicou-se em definitivo na cidade de Londrina (PR), onde fincou raízes e se dedicou à atividade espírita, direcionando sua atenção, nos últimos quinze anos, para o trabalho desenvolvido no Centro Espírita Nosso Lar e no Núcleo Espírita Irmã Scheilla, sucessor do Dispensário Irmã Scheilla, ex-departamento da SEPS – Sociedade Espírita de Promoção Social. No “Nosso Lar” ela era dirigente de um dos grupos mediúnicos da Casa e participava, como médium passista, de dois grupos públicos, sendo também solicitada com freqüência para palestras.
Entusiasta do trabalho de evangelização das crianças, dedicou praticamente a vida toda a essa tarefa, ministrando cursos e orientando muitas pessoas que se iniciaram por suas mãos nesse trabalho.
Sua desencarnação ocorreu após breve internação no Hospital Evangélico de Londrina, onde pôde contar com o carinho dos filhos, dos netos, das noras e do seu genro, os quais não mediram esforços para estarem ao seu lado nesses momentos difíceis que antecederam seu passamento.

 

 

Busca no site:

Reflita...

 
"Diante do serviço do bem, não afirmes "não posso" e não digas "nada sei"!
Lembra-te de que no curso dos dias, a se repetirem no tempo, cada hora pode trazer-nos sempre nova lição.
E há tarefas, na experiência, cuja solução depende unicamente de ti."
(Emmanuel, no livro "Caminho Espírita", psicografia de Chico Xavier)
 

 

Cadastre-se e receba nossa newsletter:

 
 

Contato

Internorte Paraná

contato@internorteparana.com.br

Londrina/PR

 

Desenvolvido por: